sexta-feira, 14 de outubro de 2016

PESSOAL | Lutar


Nesta semana aprendi que se quero mesmo algo, que tenho que lutar por ela. Que se não conseguir à primeira, nem à secunda, nem à terceira que tenho de encontra outra forma de alcançar o que desejo. E assim foi. Entrei como externa no curso que quero, e onde quero. Estou a adorar tudo, até as praxes, que nunca pensei que iria gostar. Estou a viver contigo e é tudo um grande sonho. Espero que as coisas continuem a correr bem porque não quero que isto mude.

quinta-feira, 29 de setembro de 2016

PESSOAL | Planos


Porque é que as coisas nunca correm como planeio? Não acredito que não voltei a entrar. Na primeira fase foi por uma décima, agora foi por uma vaga. A sério? Não tenho mesmo sorte. Porquê? Não mereço?
Isto é tão injusto. Durante o secundário todo nunca fiz cabulas, não copiei nos testes, fiz os trabalhos sozinha, por mim, sem ajuda nem trafulhices, e para quê? O que consegui com isso foi menos nota que os outros. Dizem cheios de orgulho que não se esforçaram, que não estudaram durante o secundário e já estão na faculdade. E eu? Nada. Porquê?
Sim, ainda tenho a terceira fase, mas sem vagas não vou a lado nenhum. A minha esperança já esta abaixo de 0. Era tão bom entrar, mas nem vou criar expectativas. Queria tanto entrar no curso que quero, na faculdade que quero, contigo, viver contigo... Porque é que isso não é possível?

terça-feira, 5 de julho de 2016

PESSOAL | Embora


Porque é que deixo estas coisas  me afectarem? Não era suposto. Como faço para não estar sempre a pensar nisto? Não estou mesmo a conseguir tirar aquilo da cabeça. Precisava de sair daqui, ir para outro lado, longe, para ocupar a minha cabeça, mas isso agora é impossível por causa do carro. Não tenho carro não posso fugir, mas era o que me apetecia. Aquilo do temporariamente não me sai da cabeça. O que é que ela queria dizer com aquilo?
Tecnicamente nunca mais a vou ver, se por acaso não nos encontrarmos dia 13 para ver as notas. Não a quero ver, mas não é por ter medo ou algo do género, porque não tenho nada a esconder, apenas não quero olhar para a cara dela.
Dou demasiada importância a quem não devia.

segunda-feira, 4 de julho de 2016

PESSOAL | Redes sociais


Não sei o que se passa com as pessoas ultimamente para pensarem todas que as odeio. Bem, depois disto provavelmente a odeie. Nunca escondi que não morria de amores por ela, mas nunca lhe faltei ao respeito em consideração a ti. Com esta brincadeira de mau gosto como ela lhe chamou, só ficou a perder. Sempre fui da opinião que o facebook só servia para arranjar confusões, mas afinal qualquer rede social serve. Mesmo assim sempre pensei que com o twitter não ia acontecer nada - errado. Pelos vistos o que escrevo serve de carapuça para algumas pessoas, mas o que ela devia ter feito era ter vindo falar comigo, e não provocar publicamente. Muito menos devia ter posto amigas dela no meio. Ainda agora não percebo aquele "temporariamente" mas nem vale a pena pensar nisto, pois nunca mais a vou ver e isto não leva a lado nenhum. Sei que estar a dizer isto não faz com que aconteça, porque por mais que diga que não quero saber, não paro de pensar. Se calhar nem devia estar a escrever nada disto pois assim estou a dar importância, mas pronto. Se calhar, o melhor por agora é parar um pouco com as redes sociais, ou pelo menos não postar nada.

quinta-feira, 30 de junho de 2016

PESSOAL | Ansiosa


Estou tão ansiosa para dia 13 saber as notas. Se tiveres passado a português e eu mantido as notas é meio caminho andado para daqui a uns meses estar-mos os dois em Évora. Estou nervosa.

quinta-feira, 16 de junho de 2016

PESSOAL | Voltar



Tenho andado desaparecida, e muita coisa mudou nestes últimos meses. Estivemos separados, viagem de finalistas, chateei-me uma meia dúzia com a R, voltamos a ficar bem, voltei a falar com a R (...). Durante esse tempo não me apeteceu escrever. Para escrever tinha que me lembrar das coisas, e eu não queria. Decidimos que vamos para a faculdade juntos, graças à R e por isso é que voltamos e eu estou-lhe muito grata, mas não sei se a nossa amizade tem futuro e isso deixa-me triste. Sei que por ti eu afastava-me dela, mas não sei ... Não sei mesmo.

sábado, 23 de janeiro de 2016

PESSOAL | Agora já não vai ser a mesma coisa


Eu e a R estamos chateadas outra vez, mas desta vez é mesmo a sério. Ela chateou-se comigo por uma coisa sem jeito nenhum, e disse-me coisas que me magoaram. Pedi desculpa só para acabar-mos com isto, mas ela não quer falar comigo na mesma, não quer tentar resolver as coisas, e eu não vou andar atrás dela. Se ela esta bem sem mi, então também estou bem sem ela. Só me arrependo de ter chorado à frente dela, mas isso já foi, já não posso mudar.
Mesmo que voltemos a ser amigas, não vai ser nem parecido com o que tínhamos, porque eu não lhe vou voltar a contar as minhas coisas para depois ela vir dizer que eu só faço cenas de ciúmes desnecessários, que não te dou valor, etc. se ela pensava essas coisas porque é que nunca  me as disse na cara? Foi preciso discutir para saber o que realmente ela pensa de mim? Isso não é ser amigo.
Estive estes dois anos sem me aproximar de ninguém da turma porque sabia que me ia desiludir, e quando dou uma oportunidade a alguém o que é que acontece? Desiludo-me.

sábado, 16 de janeiro de 2016

PESSOAL | Sessenta e doi dias


Passa num instante. Sessenta e dois dias passam a voar. Em menos de nada já estamos em Salou a fazer a festa. Estou mesmo ansiosa, vai ser uma semana muito boa, e as minhas expectativas estão bastante elevadas. Espero não me desiludir. Só tenho medo de me perder lá, na discoteca ou assim, mas não vai acontecer, espero. Andamos todos eufóricos por causa da Viagem, está toda a gente com as expectativas elevadas, a fazer planos ... Só me apetece ir já fazer a mala. Mas antes de março ainda vem o meu aniversário. Fogo, nem acredito que vou fazer vinte anos. só não me sinto mais velha porque toda a gente me dá uns quinze anos. Não tenho aspeto de vinte anos, não faz mal. O melhor presente que me podiam dar era quatro bilhetes para a Disneyland, já que os meus anos calham nas Férias do Carnaval, mas isso não vai acontecer porque vais para a Holanda nessas férias. Não estou nada positiva sobre o meu dia de anos, mas pronto.

segunda-feira, 4 de janeiro de 2016

PESSOAL | Faculdade


Ando completamente alterada. Não ando igual para ti, e não sabia porquê, só ontem cheguei à conclusão do que se passava. Com o inicio do ano, o assunto da faculdade ficou cada vez mais presente na minha mente. Não paro de pensar que não vamos aguentar, por isso tenho andado a afastar-me, involuntariamente. É verdade que já superamos muito, mas tu nunca superaste a distância, e isso esta a incomodar-me muito. "Ainda" falta 9 meses, mas passa num instante. Estou a dar em louca.