sábado, 3 de outubro de 2015

PESSOAL | Velhos tempos


Recentemente voltei a falar com uma amiga que não falava à mais e um ano. Conhece-mo-nos no 5º ano quando fomos para a mesma turma. Ficamos juntas por sete anos, depois eu mudei de escola e passamos a falar raramente, o que é completamente estúpido porque ela mora duas ruas abaixo da minha. Antes fazíamos tudo juntas: íamos para a escola juntas, almoçávamos juntas, íamos para casa juntas, estudávamos juntas, dormia-mos na casa uma da outra, andávamos nos escuteiros juntas... Mas no 8º ano, quando chumbei de ano, ela e o nosso grupo começaram a fazer coisas que eu não achava bem, e não queria fazer. Então afastei-me do grupo, mas não os deixei completamente, para não ser influenciada. Eles sempre pensaram que me afastei do grupo por causa de ti, mas isso não é verdade. Apenas não queria que me influenciassem. O que agora, passados cinco anos de me ter afastado vejo que foi uma estupidez, porque acabei por fazer as mesmas coisas que eles faziam. Afastei-me para nada. Bem, talvez não tenha sido para nada, porque fiz essas coisas com outra idade, e muitos dos meus amigos do grupo já estão de uma maneira que eu nunca quero ficar e não estou, porque deixei de fazer essas coisas à mais ou menos um ano. E é diferente, porque eles faziam todos os dias, e eu era uma vez por mês ou assim, nada a ver.
Tenho saudades de fazer tudo com ela, mas sei que mesmo que tente já não vai ser igual. Mas gostava que fosse.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixa a tua opinião