sexta-feira, 4 de setembro de 2015

PESSOAL | Ainda falta um ano


Se ainda falta um ano e eu já estou assim nem quero imaginar daqui a um ano. Eu não quero ficar longe de ti, não quero. Não quero que vás para aquelas festas sem mim, que bebas até cair, que faças algum disparate sem teres noção das coisas, ou que faças algum disparate ciente das consequências. Tenho medo que a distância faça com que deixes de gostar de mim. Não quero que vás, mas não tenho o direito de te pedir isso. Se vou acabar se fores? Não sei. Eu não quero. O que mais quero é ficar ao teu lado. Mas eu sei que se fores embora que não vamos ficar juntos. O que é suposto fazer? O que é suposto eu pensar?

Sem comentários:

Enviar um comentário

Deixa a tua opinião