domingo, 26 de julho de 2015

FAMÍLIA | Melhor Amiga


 Sempre fui daquelas pessoas que se dá mais com rapazes do que com raparigas, e por isso nunca considerei que tivesse uma melhor amiga. Com o tempo comecei a achar que as raparigas não eram de confiança, não sei. Tenho algumas boas amizades com raparigas, mas nunca as vi como relações de melhores amigas.
Hoje, vi a minha prima da Suíça. Só estou com ela uma vez por ano, e é sempre a época do ano mais esperada. Gosto muito dela, e dei por mim a pensar que perdi demasiado tempo à procura de uma melhor amiga quando ela sempre esteve ao meu lado, pelo menos no verão.
Em crianças não nos relacionávamos muito, devido a problemas de família, mas à uns seis ou sete anos que criamos um laço de amizade. Ela está sempre lá para quando eu preciso, nunca contou um segredo meu, nunca me desiludiu, e isso conta muito para mim. Estive sempre à procura de uma rapariga que fosse parecida comigo, que me compreendesse, que fosse de confiança, que me apoiasse, que gostasse de mim e que nunca me abandonasse, e afinal ela sempre esteve aqui. Estive este tempo todo a procurar no sitio errado.

1 comentário:

Deixa a tua opinião